Crise: Livraria Saraiva decide fechar 20 lojas

Realmente fica difícil discutir se teremos ou não democracia com o mundaréu de gente que está perdendo o emprego às vésperas das festas de final de ano por causa das políticas irresponsáveis adotadas nos últimos anos.
Depois da Livraria Cultura anunciar seu pedido de recuperação judicial, agora foi a vez da Saraiva ser a portadora da notícia ruim.  
Nesta semana, a empresa anunciou o fechamento de 20 lojas em todo o país. Oficialmente, a Saraiva não confirmou a relação de estabelecimentos fechados, mas segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, estão nessa lista negra as lojas de Londrina, Santos (Avenida Ana Costa), Campinas (Galeria Shopping), Alphaville, Tamboré, Granja Viana, Mogi das Cruzes e dos shoppings Anália Franco, West Plaza e Plaza Sul.
Em comunicado, a Saraiva afirmou que vem tomando "medidas voltadas à evolução da operação e perenidade do negócio". Além dos fechamentos das lojas, a rede vai fortalecer as vendas pela internet, que correspondem a 38,4% do faturamento.
Com essas medidas, a Saraiva reduz de 111 para 84 o número de lojas físicas no país. Postado: 30/10/2018

Deixe o seu comentário

0Comentários

Voltar